Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entre vírgulas e pontos

O sofrimento é passageiro, desistir, é para sempre.

Entre vírgulas e pontos

O sofrimento é passageiro, desistir, é para sempre.

165 dias..


'' 165 dias, longe de tudo, longe de todos. ''

Depois de 165 dias longe dos meus pais, longe da minha irmã, confesso que estou surpreendida comigo mesma. Posso dizer que eu fui das pessoas que mais duvidava de mim própria. Pensei que não iria aguentar a estar tanto tempo longe dos meus queridos. Sim, porque quem me conhece sabe perfeitamente que eu sou a menininha deles, tanto da mãmã, como do papá, como até da mana. Apesar de ser muito desenrascada, eu dependia muito deles. Qualquer coisinha, por mais mínima que fosse eu pedia a eles. A qualquer lado que fosse, mesmo que fosse para comprar qualquer coisa, eu pedia sempre a eles para virem comigo. Sou uma pessoa que odeio andar sozinha, gosto de ter companhia seja para onde for.. Aqui ainda mantenho esse vício, tento ter sempre alguém para vir comigo seja a qualquer lado, quando o namorado não está por perto, tenho a vóvó, ou vice-versa. Ou até,  peço a minha querida Martinha que me acompanha sempre para qualquer lado. 
A Martinha foi das melhores pessoas que me apareceu aqui. Foi das pessoas que mais me apoiou desde que aqui estou, foi das pessoas que me deu a mão quando mais precisei. Já riu comigo, mas também já chorou comigo.. Eu posso não ter muitas amigas, mas pelo menos tenho as melhores amigas que alguém pode ter. 
Com a minha mudança radical na minha vida, já aprendi muita coisa. Uma delas foi ser autónoma, cresci bastante! Aprendi a ser mais mulherzinha, aprendi a precisar de mim mesma, e depender só de mim. Aprendi que a vida são dó 2dias, e 1 desses 2dias já passou. Aprendi que devemos aproveitar a vida ao máximo, sorrir mais, chorar menos. E que não vale a pena termos inveja e rancor de ninguém.. Porque no final, vamos todos parar ao mesmo sítio. 
E sobretudo devemos viver como se não existisse o amanhã...


Kate